terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O tal do l'esprit.

"E aí, cara?!"

"Opa! Senta aí, meu. Tudo bem?"

"Mais ou menos."

"O que rola?"

"Acabei de sair de uma reunião com a chefe. Sobre aquele projeto que deu errado, com a Fabíola, sabe?"

"Sei."

"Me saí mal."

"Putz!"

"É. A Fabíola começou a fazer um monte de acusação contra mim e o meu trabalho. E eu sei que eu tenho falhas, mas ela foi muito injusta em alguns pontos. Ela só queria tirar o dela da reta."

"É horrível, isso. Oi, garçom, outra Coca."

"Duas. O pior é que eu não esperava isso dela e acabei ficando sem reação lá, com cara de bobo, sem saber o que dizer. Só que foi só acabar a reunião, eu tinha todas as respostas pra tudo o que ela disse. Mas aí não adiantava mais."

"L'esprit de l'escalier."

"Quê?"

"L'esprit de l'escalier. É francês."

"Não entendi."

"(claro que não.) É que em francês tem uma expressão pra essa situação que você passou. É algo tipo 'sagacidade de escada', sacou?"

"Não tinha nada a ver com escadas, cara. Foi uma reunião sobre aquele projeto de logística meu e da Fabíola."

"Não essa situação. A outra. L'esprit de l'escalier é quando você sai de uma briga ou discussão e de repente te vêm à cabeça todas as respostas e argumentos que você precisava, mas agora eles não valem mais nada."

"Só não entendi ainda onde é que entram as escadas."

"OK! Sem escadas! Serve com elevador também."

"Mas eu não peguei elevador. A sala da chefe fica no mesmo andar que a nossa, esqueceu?"

"Meu Deus. Deixa pra lá. Me passa o sal. Valeu. Esquece o francês. A sua arquitetura é em bom português mesmo."

"Como assim?"

"(burro feito uma porta) Nada. Nada não."


Tyler Bazz

8 comentários:

littlemarininha disse...

HUauahua, genial!

Não sabia que a situação tinha nome, ainda mais nome em francês.

Acho que minha arquitetura se restringe a portas também, haha

Varotto disse...

Isso aconteceu numa discussão durante um almoço comigo outro dia. Fiquei tão puto de não ter usado algumas sacadas geniais, daquelas de deixar sem resposta, que só me vieram à cabeça depois, que fiquei até sem dormir direito uns dias. O pior é que se eu tivesse usado, ia apontar um monte de contradições do discurso da outra pessoa.

E não é nem porque eu queria ganhar a discussão. É mais para revelar a falta de conteúdo do discurso do outro lado da conversa.

Mas deixa prá lá.

Agora já passou... :o(

Beatris disse...

Aconteceu algo parecido comigo ontem, minutos depois de uma conversa tensa. ¬¬

Natalia Máximo disse...

L'esprit de l'escalier é tão presente na minha vida quanto a Lei de Murphy. Lady Murphy?

Gabriel Leite disse...

Muito bom, Tyler. Eu também não sabia que tinha um nome pra isso, mas vive me acontecendo. Só não sei o que tem a ver com a escada e etc... :D

Luana Natália disse...

Achei criativo. Gostei!

Lari Reis disse...

Divertido. Muito!

Larissa Bohnenberger disse...

Ah, eu sou a rainha do L'esprit de l'escalier...