quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Ir.

Há anos não se viam, há anos não se falavam e há anos esperavam chegar o momento em que conseguiriam passar um dia sem pensar um no outro. Acabaram se encontrando sem querer por aí e decidiram individualmente que podiam conversar.

Se abraçaram timidamente, desajeitados, como se não tivessem passado dias inteiros daquele jeito. Ele tremia, ela parecia ter seus braços amarrados, ambos se esforçavam para tirar os olhos do chão.

"Como você tá?", ela decidiu que lhe cabia perguntar.

"Eu vou indo", ele respondeu. "Você?"

"Indo, também", e ela ainda tinha o melhor sorriso do mundo.

Ficaram quietos por alguns segundos, se olhando nos olhos, dizendo um milhão de coisas. Ele resolveu que lhe cabia quebrar o silêncio.

"Eu acho que a gente devia ir junto."

Nunca mais se soltaram.


Tyler Bazz

8 comentários:

Natalia Máximo disse...

Poxa, que lindo '-' Acho que todo mundo merece alguém de quem nunca queira se soltar, no frio e no calor (:

Anônimo disse...

você vai longe,Tyler!

Kika® disse...

Eu bem queria poder ter esse exato encontro e dizer essas exatas palavras.
Porém, acho que iria acabar indo sozinha mesmo...
Lindo texto, Tyler.

Varotto disse...

Foi indo, foi indo, foi indo, e iu...

(juntos)

littlemarininha disse...

Já sonhei tantas vezes em seguir em frente junto com alguém que não vejo há anos...tantas vezes que tenho até raiva. O texto é lindo, Ty. Curto, direto, bastante descritivo (apesar disso) e lindo.
Quem dera fosse mais que um texto.

IsabelVeronica disse...

Estou chegando aqui pela primeira vez e já fiquei encantada com seu texto. Curtinho, mas cheio de emoção.

Parabéns!

Tali L. disse...

Aii que lindoo, uma timida emoção... é assim que acontece!
Euuuu ameiiiiii!!!!

Uma bela inspiração para minha segunda-feira.
Parabéns, pelos textos e o blog é de qualidade já estou já seguindo!

Beijos, te espero no Splash True
http://splashtrue.blogspot.com

Marina disse...

Porque ir só é muito triste.