terça-feira, 4 de janeiro de 2011

O(s) Negativo(s)

"...o problema é quando os olhos começam a sangrar."

"O quê?"

"Os olhos. Se eles sangrarem, não tem mais jeito."

"Do que você tá falando, cara?"

"Todo mundo sabe como começa: o coração dispara, parece que vai sair do peito num tiro, as mãos transpiram e tremem demais; se estiver em pé, você vai precisar sentar, mas se estiver sentado vai tentar levantar, de tão inquieto, e sentir as pernas moles; a boca seca vai ser um detalhe quase imperceptível em comparação com o aperto que te impede de respirar. Você entra em desespero. Sua cabeça pára!, seu cérebro não consegue mais pensar e você perde o controle. E aí, se os olhos sangrarem, você já era."

"Você tá viajando."

"É sério. Foi assim que aconteceu quando eu vi ela da primeira vez."

"Mentira."

"Garanto."

Meses depois, já não se lembrava do que o amigo lhe havia dito quando, em um restaurante, sua noiva disse que não queria mais, que tinha conhecido alguém e estava se mudando com ele para outro estado. A princípio ficou sem reação, depois se odiou por chorar. Mas foi só ao ver o choque no rosto da moça e as gotas manchando a toalha branca da mesa que soube: não tinha mais volta.


Tyler Bazz

___

Gostou do texto? E do título?

9 comentários:

Rob Gordon disse...

Belo título.

Otavio Oliveira disse...

Não gostei do texto. mentira. gostei. odeio vcs dois. mentira.

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos disse...

Tyler, como você consegue ser tão talentoso, e ao mesmo tempo tão filho da puta? Isso devia ser proibido.

Ana disse...

Padawan e Jedi Mater.
Esses dois...

cinemafranco.com disse...

Caramba. Err... acho que isso que consigo comentar.
Crativo(s)!

George Marques disse...

Caraca, li esse texto no Reader e logo embaixo tinha o post do Rob. Logo percebi que ele estava falando do seu post.

De qualquer forma, belo texto. E belo título.

Marina disse...

Peraí, gente, não vale comentar a mesma coisa nos dois blogs. ¬¬'

Gabriel Leite disse...

É muito sangue no olho.

Bonaldi disse...

Q crueldade...
Bom título.