terça-feira, 30 de março de 2010

Meus Dias/Dias Meus

Se eu não soubesse que você acorda meio perdida tentando lembrar se sonhou comigo, que você toma banho e se arruma correndo, atrasada, sabendo que eu não vou estar lá. Se eu não soubesse que você se distrai e quase esquece da vida pensando em coisas e olhando uma cadeira vazia, que você come sem fome, bebe sem sede, e quase morre de sede e fome quando se lembra. Se eu não soubesse que você fala, ri, reclama e cita pensando nas respostas, que você interage sem querer, ou por querer, com quem quer que seja, que não seja eu. Se eu não soubesse que você vê um filme e quase chora em cenas de explosões, ou qualquer outra, simplesmente porque não consegue esquecer. Se eu não soubesse que você sai de casa com medo de dar de cara comigo e não saber explicar. Se eu não soubesse que entre as linhas dos livros você lê coisas que não estão ali, que você escreveu, ou eu. Se eu não soubesse que você não sorri quando se deita pra dormir, mas sim lamenta, e torce por um sonho bom, que é o que te resta.

Mas eu sei.


Tyler Bazz

12 comentários:

George Marques disse...

Cara*** Tyler, você é fod*!

Mari Hauer disse...

Ai, que lindo...

Sempre tem alguém que sabe que eu não sou tão desligada quanto pareço, tão alheia quanto tempo mostrar... nem tão forte, nem tão fraca e nem tão complicada...

Lindo o texto! Lindo, lindo...

Andrey disse...

Muito bom, mas desejaria não ter lido ^^'

MarianaMSDias disse...

Ah... Porque o bom da vida é saber que tem alguém, alguém que está em nós, e que parece alheio, mas que, no fundo, sabe!

Lindo texto! É isso que dá ficar sem dormir!

disse...

Às vezes acho melhor não saber de nada!
Lindo texto!
=)

mari disse...

acho que é meu preferido seu. MUITO bonito, tyler.

Rob Gordon disse...

Se eu não soubesse que esse texto foi sofrido, pensado, rascunhado e refeito porque ele tinha destinatário com nome, endereço e cep.

Mas eu sei.

Natalia Máximo disse...

Mari Hauer [2] (=

Thaís disse...

Se eu tivesse alguém que soubesse mais de mim do que eu sei.
Que soubesse que aquele sorriso foi de raiva, que o abraço foi um pedido, que o silêncio foi um grito...
Lindo, Tyler...

Jullia A. disse...

Esse 'e o momento que voce olha por cima e humilha com palavras o destinatario que o rob se refere.

Nadia disse...

Se eu não soubesse que a dona desse texto nunca vai lê-lo...

Mas eu sei.

Nadia disse...

ps: a dona que eu criei pra ele.