domingo, 28 de junho de 2009

Marcela - Despertando Paixões

Por um tempo, comecei a achar que a Marcela estava sendo perseguida. Onde ela fosse, nos shoppings, nos bares, lá estava um menino com os olhos fixos nela. Me certifiquei de que não era um ataque de ciúmes meu e fui falar com a Marcela, avisar para ela ter cuidado, essas coisas...

"Sabe aquele cara ali, Má?"

"Hum..."

"Faz dias já que ele sempre aparece onde você está. Não tira os olhos de cima de você. Outro dia no cinema ele sentou bem atrás da gente..."

"É."

"Você já tinha reparado?"

"Querido... tem um menino me seguindo! Óbvio que eu reparei."

Perguntei então se ela não ficava com medo, disse para ela ter cuidado, não andar sozinha à noite. Ela estava bem tranquila, e quase conseguiu me convencer de que o cara era meio que apaixonado por ela. A Marcela, sendo ela, parecia gostar da situação.

"Ele é bonito, não é?"

"Tá brincado que você tá afim de algo?!"

"Não sei... mas eu acho ele fofo."

Como se tivesse ouvido nossa conversa, o perseguidor se aproximou de nós e abriu o coração. Disse à Marcela que ela era linda, que não conseguia tirá-la da cabeça desde a primeira vez que a viu... Os olhos dele brilhavam e a Marcela o olhava, sorrindo. Ela então respirou, pegou na minha mão e disparou contra o garoto:

"Você é louco, menino? Não tá vendo que eu tenho namorado? Ridículo! Nunca que eu ia querer nada com alguém igual você! Agora vê se para de me perseguir antes que eu chame a polícia!"

O rosto do menino ficou vermelho e ele saiu andando rápido, quase em desespero; eu fiquei com a já conhecida cara de quem não entendeu nada, mas não estava surpreso; a Marcela soltou imediatamente minha mão e levantou, quase rindo: "Quero comer pizza, vamos?"


Tyler Bazz

23 comentários:

Jullia Aranha Amaral disse...

Eu acho a Marcela uma pessoa insensível e peculiar.
Admiro pessoas peculiares, mas nao insensíveis, ou indiferentes, demais. elas me intrigam.

maga metralha disse...

eu li e acho que poderia ser mais...

Marina disse...

Eu tinha certeza de que ela ia dar um fora, só não imaginava que seria tããão grossa. Mas é a Marcela, né? Imprevisível.

An@Lu disse...

a marcela anda meio bipolar... :)

Varotto disse...

Má(rcela)...

ϟ marcela ávι̽la disse...

vou começar a me cuidar, esse post pode ser um aviso para mim, marcela versão gaúcha.

P! disse...

Adoro a Marcela !

Dalleck disse...

O diabo é mulher.

taiscarla disse...

Bipolar xD

Gabriel Leite disse...

Essa Marcela é uma escrota!
Ah, seu achasse uma dessas. rs

Mary disse...

Adoro a Marcela-personagem. Acho que não gostaria dela se ela fosse uma pessoa de verdade. Mas até aí normal, não gosto de muita gente mesmo!

beijosss

Nadia disse...

Sabe que eu, mais uma vez, entendo a Marcela.
Não tm graça assim declarado, só é legal a distâcia, o charme da paquera e tudo mais... o sentir-se desejada sem ter acerteza e poder fantasiar com isso.
Ai, ai... gosto cada vez mais dessa mulher.
xD

ps: Thank U Mr. Bazz... tava com audades dos textos sobre a Marcela. xD

Sam disse...

Saudade da Marcela!
É, nesse fora, ela realmente se superou. Preciso ter aulas com ela de como evitar esses tipos de mala. Marcela não é insensível, só fala o que tá pensando (coisa que, convenhamos, a gente morre de vontade de fazer e não faz).

Beijos

renata disse...

acabei de ler a série completa da marcela. e estou partindo pro resto do blog. parabéns pelo dom/talento e por ter amigos como rob (a propaganda dele me trouxe aqui). :)

Benjamim disse...

Nossa, muito bom o texto! Ego inflado parece ser uma doença que afeta quase todos atualmente. Uma pena... crueldade e infâmia. Marcela merecia uns catiripapos!! ^^

Bacana seu blog!

www.omalucosadio.blogspot.com

Jullia Aranha Amaral disse...

Reli o texto. Não gosto dela.

Barbarella disse...

Marcela é perseguida ou a Marcela e a perseguida, enfim, são todas perseguidas e malucas.


**

Cissa disse...

depois o menino que era doido! huahauhau... coitado!

luiza disse...

Boa estratégia a dela! Grande Marcela!

Fernando R. Silva disse...

E aposto que ela pensou:

"Tava tão legal pra minha autoestima...Pra quê o imbecil tinha que se declarar?"

Bruno disse...

Destruindo corações...

*suspiro

ana paula disse...

Sim!Ela é bipolar!
Eu to viciadaaaaaaaaaaaa nesse blog!

Helô Chaplin disse...

Nossa...quando eu comecei a ler,pensei que a história teria um lindo desfecho,talvez até o começo de uma história de amor,mas no fim,também fiquei com "cara de quem não entendeu nada" O.O

Nossa...que coragem!

De ambos,do menino,e da tal Marcela x.x