sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Orlando

Orlando, sempre que era apresentado a alguém, contava que seu nome era para ser Rolando, e que o rapaz do cartório errou de propósito, pensando fazer um favor ao menino recém-nascido. Nem um nem outro, que ele queria mesmo era chamar Armando. Outro nome que gostava muito também era Júlia.

Contou a tal história do nome quando conheceu essa moça, que nem ouviu direito e anunciou que ele precisava escolher e tomar a pilula azul ou a vermelha. "Não posso tomar só um café", ele perguntou. Tomaram juntos um banho e ela já estava nua na cama, só esperando, quando ele reparou naquele cheiro.

No meio de uma densa floresta, nunca tocada pelo homem, procurou de onde vinha o cheiro de churrasco e descobriu que era ele mesmo quem o exalava. Ao mesmo tempo, um leão sem juba descobriu a origem do cheiro, e uma incansável perseguição começou.

Orlando correu pela pradaria, cruzou três rios secos, e já tinha alguma vantagem sobre o felino quando viu duas cobras que passeavam de mãos dadas. Havia algo errado ali, ele pensou, e pôs-se a olhar, analisar, filosofar, então concluiu. "É isso! As duas são fêmeas!" Neste momento chegou o leão e o comeu.

"Foi bom pra você?", Orlando perguntou rindo enquanto acendia um cigarro. O leão grunhiu algo e ele continiou: "À propósito, já te falei sobre meu nome?"


Tyler Bazz

19 comentários:

Marcello disse...

AUHAHUAHUAHUAUHUAHHUAHAUHUAHUAUAUH

Velho, sem dúvida, um dos seus melhores textos HAUHUAUAHUHAUHAH



MORRI de rir!!!

MaxReinert disse...

Ok, ok!!!

Depois vc me passa por e-mail o nome do troço que vc tá usando/bebendo/fumando????

E eu que sou o doido, né?

Larissa Bohnenberger disse...

Ahahahahahahaaahahahaahahhaahah!
Era pra escolher entre a pílula a azul e vermelha, e não pra tomar as duas... rsss! Que coisa mais engraçada, sonhei com cobra e com leão, essa noite. Mas nem um dos dois me comeram, não!
Rssss!
Bjs!

DIZDIZENDO disse...

Q viajada monstra!!!!!!!

Gabriel Leite disse...

...

..

.

..

...

Barbarella disse...

Agora eu não sei se comento (e finjo que entendi o rolando, armando, orlando, júlia,...)ou não comento (e finjo que não passei por aqui e espero até o próximo post para dizer o tão quanto estou numa correria cruel e bláblablá).

pq, olha, apesar de ter adorado a forma que você expôs o assunto, não sei se entendi direito, ou se tenho a mente poluída ao pensar nesse negócio de floresta, churrasco, leão sem juba, rios secos... anywhay...

err... o que você anda bebendo hein Tyler, preciso urgentemente disso para seguir seu raciocínio!!!

Você é demais viu, aliás, esse conto me fez lembrar meu querido Gabo, seu jeito de escrever sabe. Daí você tira o tanto que está no caminho certo.

Mas tá bom né... chega de tanto doce..nho...rsrs

Marcio Sarge disse...

Maravilha de texto! Poderia entrar para os anais das fábulas mundiais, não fosse pela censura que sofreria rsrs.

Muito bom!

Pâmela disse...

Oo Essa parecia mais um dos meus sonhos estranhos.

mariana disse...

o terceiro parágrafo me lembrou globo repórter.

[comento coisa idiota mesmo! não entendi nada! huhu ok, talvez alguma coisa eu tenha entendido. mas não sou capaz de fazer um comentário nonsense a altura xD]

JC digital disse...

que isso, começou legal e terminou que eu nem rir, haua

;)

gilgomex disse...

huehuehuehueheuhueheuheue... o leão comeu o cara... heuueeuhuehuehuee...
er...
ou não?
será que o texto é sério?
putz... eu me mato de vergonha.

Stephanie disse...

hahahaha, Tyler, gosto muito de nonsense, mas não é todo mundo que tem classe pra fazer isso com graça =) (isso foi um elogio)

O meu nome tem várias histórias entre princesas decadentes e atrizes, etc. Mas nunca achei que isso funcionasse pra pegar alguém - a sua história só me confirma que é uma péssima estratégia.

beijo

Pâmela disse...

Sobre o seu comentário no AeP:
Lóóóóóóógico que não, eu A-DO-RO Heroes, é muito bom. Quase tenho infartos assistindo, é como se eu estivesse lendo um livro policial onde as coisas vão se encaixando e tal.

Lucas disse...

Huahuahuahuhauah... Nem sei sobre qual interpretação do texto comentar... aliás, existem duas?
|)

V.H. de A. Barbosa disse...

Bizarro!

Calango disse...

Total, completa e amplamente sem noção...


"é isso! As duas são fêmeas!"


krai... q texto louco...


blog indo pros favoritos...

tatiana disse...

André Breton ligou...

Dedinhos Nervosos disse...

Muito loco mesmo esse aí. Mas dos bons, viu? E um joguinho é sempre bom. Msmo no mundo animal! hehehe]
Bjos!

Fernando Ramos disse...

Tyler, na boa, quero a legenda.

O máximo que cheguei foi a uma comparação de que o sexo é como estar na Matrix. E creio que não tem nada a ver.

E então, vai passar a legenda ou não vai?