terça-feira, 5 de agosto de 2008

Meeting Rob Gordon - Parte 1

(esse post ganhou a "versão Rob Gordon", veja aqui)

Sexta-feira, 25 de julho de 2008. Por volta das duas da tarde meu ônibus chegava à grande, enorme, gigantesca cidade de São Paulo. O motivo da visita? Nada específico. Visitas a parentes, amigos, cafés e lojas de muamba. Há tempos já não passava uns dias em minha cidade natal, seria um bom descanso.

Na própria sexta-feira já havia me comprometido a entrar em contato com Rob Gordon; ele mesmo, daquele blog que eu não canso de ler. Conversas anteriores já haviam defininido que nos encontraríamos em qualquer bom restaurante que servisse boa carne, quase crua. Porém, logo que pus os pés em São Paulo, fui envolvido por uma coisa cor-de-rosa que me fez passar por alguns momentos quase lisérgicos. Acordei só no sábado.

Sábado, 26 de julho de 2008. Recebo de Gilgomex, o capo da região Sul, a informação de que Rob Gordon estava meio "aflito" quanto a meu paradeiro, e que já havia inclusive cogitado espalhar outdoors com meu rosto por toda a cidade, com os claros objetivos de (a) me encontrar e (b) mostrar ao prefeito Kassab quem é que ainda manda em São Paulo. Entrei em contato com Rob e, aproximadamente três horas e meia depois, recebo a resposta: "Cinema. Te ligo a noite." Ou seja, ele foi assistir a um filme de mais ou menos seis horas de duração. Sei.

Sabendo que tudo estava sob controle, saí mais uma vez pelos arredores da Avenida Paulista, para usufruir de mais algumas das melhores horas que alguém poderia ter. Desta vez, por algum tempo, estive na companhia de meu velho amigo e sócio, Marcello "Puto" Truzzi, e sua dama, Erika Kis. Uma cerveja escura, uma cerveja clara, os dois foram embora e eu continuei em transe, quase entrando em coma.

Uma hora a nuvem rosa que me mantinha em pé precisou dissipar-se, e acompanhei-a até a estação Barra Funda do metrô. Lá estava eu quando Rob Gordon me liga:

"Alô", eu.

"Viado..."

"..."

"Desculpe."

"Então, onde você está?"

"Na terra da banana."

"Certo. Quando chega aqui?"

"Daqui a uns 40 minutos."

"Complicou. Façamos assim: semana que vem nós saímos em busca dessa carne. Que amanhã preciso sair da cidade por dois ou três dias."

"Você volta? Então tá ok. Pensei que estaria aqui até hoje só."

"Não, não. Nos encontraremos em breve. Um abraço"

"Abraço."

Desliguei, tranqüilo, mas algo daquela conversa não saía da minha cabeça. Entrei no metrô, fui até a Sé, depois até a Avenida Paulista. Durante todo o trajeto eu me perguntava: "O que ele está fazendo em Cuba?" Tomei um Dorflex e dormi.

Os dias passaram e, após minuciosas análises em nossas agendas, marcamos o encontro para a noite de Quinta. Estaríamos os dois, às nove e meia da noite, na saída da Estação Clínicas. Os dois não seriam dois. Meu primo, Marcelo "Billy the Kid" Rico estaria junto. Nada mais justo, já que ele sempre me proporciona bons momentos na cidade. Saímos eu e meu primo, entramos no metrô, descemos na Clínicas.

Após passar por um corredor de dez kilômetros e meio, chegamos à saída que queríamos. Olhamos para o lado e vimos. O cara tinha quase um metro e noventa de altura, cabelos compridos e louros, tatuagem na mão, jaqueta de couro; estava parado ao lado de sua moto Harley Davidson.

[continua]

31 comentários:

MaxReinert disse...

huahuahuhauhuahahau

Eu tenho muito medo de perguntar quem seria esse tal cara loiro... porque eu sei que o Rob eh que naum eh!!!!!!

Rejane Oliveira disse...

"O cara tinha quase um metro e noventa de altura, cabelos compridos e louros, tatuagem na mão, jaqueta de couro; estava parado ao lado de sua moto Harley Davidson."


esse cara ai tem um pit bull?

gabriela disse...

Será que sou só eu que odeeeio ver essa tal de 'continua' no fim dos posts?

Vocês blogueiros de primeira têm essa maniazinha chata de fazerem seus pobres leitores morrerem de curiosidade pelo próximo texto.

Confessa,vai,vocês são uma máfia né?

;D

Pâmela disse...

Aaah, é sério que você conheceu o Rob Gordon?
O do Cham?
Noooooooooossa, é como conhecer a Madonna, pra mim. O meu sonho, de verdade. Assim, nem sabia se ele existia mesmo ou coisa parecida. :O
Tô passaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadaaa.
Aguardando a continuação, por favor não demore.

Rob Gordon disse...

Gabriela

Essa estratégia dos blogueiros é muito usada quando eles querem interromper uma narrativa no momento mais importante.

Mas sabe por que isso? É um motivo básico:

[continua]

Rob Gordon disse...

Não, tem razão. É pra matar de curiosidade mesmo. :-)

gabriela disse...

Ok,Rob.
Obrigada por assumir. ;D


E por favor,Tyler,TERMINA LOGO,CACILDA!

Gilgomex™ disse...

hum... tenho certeza que este ser loiro e blá blá blá que vc viu, estava na frente do Rob... mas, uóréver...

sobre o continua, eu ia fazer uma piada, mas o viad... ops, o rob vem estragar até aqui... chupa, gomex...

pamela disse: "Aaah, é sério que você conheceu o Rob Gordon?
O do Cham?"
rob do cham??? segura o cham, amarra o cham, segura o cham cham cham cham cham cham... e nãos ei mais quantos chams...
e a continuação de seu comentário sobre conhecê-lo, não sei por que, me faz pensar, que dá proxima vez que o tyler encontrá-lo, ele esta´ra de muletas (Sra. Gordon mode: porradaaaaaa)...

PS: e putz... eu sou um capo???? heuheuheuheuheuehue

PS 2: ""Alô", eu.
"Viado..."
"..."
"Desculpe."
"Então, onde você está?"
"Na terra da banana."
Vocês são a maior forma de delicadeza humana existente entre os blogueiros...

Marcello disse...

Ai ai ai.. nuvem rosa!


NHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOON!

Lucas disse...

"Terra da banana", se o Rob realmente tivesse ido à Cuba teria algum post sobre essa viagem no Champ e como só faltavam 40 minutos para ele chegar, no avião é que ele não estava. Então onde fica essa terra da banana?

Já sei, no próximo post... xD

DIZDIZENDO disse...

Continua qd????

Pâmela disse...

HUAHUAHAU
FOI MAL, tá Gomex?
é CHAMP, e quem nunca teve um erro de digitação que atire a primeira pedra. eu não lí antes de postar. :p

Marcio Sarge disse...

O cara da tatoo dever ser o segurança do Rob, pois pelos meu cálculos dever ter muita gente atrás dele, tais como oa Brick, os plagiadores, jesus a nova geração e ai vai....

Deisinha Rocha disse...

O Post tava tão pekeninho, daav pra ter continuado nesse mesmo...
droga
¬¬

não gosto dessas estratégias de suspense!

deixa eu ver, vc encontra um loirão e el uma loiraça...
como disse lá, acho q to entendendo isso tudo!

-->>hahá...
O Rob ganhou um melô carinhoso do Gomex... qr dizer, o Champ, né...
rsrs

Camila Colossi disse...

eitaaaa axei q tinha 14mil coments auhaahuauhahua
hehee legaal esse post
=]

http://imensidadx3.blogspot.com/

Thiago Apenas disse...

Campanha diga não ao "continua"

Se não fosse o bastante esperar o Rob, agora isso.

Gilgomex™ disse...

Pam, não se rebele... eu estava tão inspirado, que axo q mesmo se vc tivesse digitado certo, eu ái acabar inventando outra bobagem...

PS: pessoal que visita aqui... podem visitar tb www.colunadolorida.blogspot.com

Varotto disse...

Olha, eu sei que cada um acaba vendo as coisas do seu jeito. Mas você viu um louro alto de jaqueta de couro, enquanto o Rob viu uma morena de mini-saia.

Sei não, mas acho que essa bruma lisérgica cor de rosa andou te dando uns pensamentos estranhos... :o)

Varotto disse...

Pensei melhor e acho que você deve estar confundindo. A bruma rosa te fez voltar no tempo e o cara louro vestido de couro e o Rob Halford (pré-calvície).

O sonho da minha vida também é conhecer o Rob Gordon, mas só se ele for a morena de mini-saia. Se bem que do jeito que ele próprio se descreve se ele for ela, deve ser a morena de mini-saia mais feia do mundo.

PS: Momento histórico: Depois do post-chat de 100 comentários, a dupla Rob-Tyler está instituíndo o primeiro post (e sessão de comentários) interbloguístico. Impressionante...

Jú Carvalho disse...

Pqp... continua logo *-* rs

Tem morte?

A nuvem rosa era a poluição da parada gay?

Lady Dari disse...

eu sempre falo o q penso, mas naum costumo usar *palavroes*... mas meu... vai tomar no cuh!
mas um blog q vou ficar viciada...
e o pior... tem liga�ao com rob!
puta q pariu isso aqui eh uma bola de neve...
__
deusmesalva!

Pâmela disse...

uaai, não vai ter continuação????

Deisinha Rocha disse...

Tyler, já disse q te odeio hj???

droga!!!!
¬¬
odeio está em suas mãos...

Deisinha Rocha disse...

ah, ia me eskecendo...

eu te odeio...

Deisinha Rocha disse...

mas só enkanto vc não postar a continuação...

gabriela disse...

A brincadeirinha já perdeu a graça né??
Hora de postar o resto da história,Mr. Tyler.

Você e o Rob são dois mafiosos.Aposto que se juntam e ficam rindo dos leitores babacas que pedem insessantemente pela continuação.

;D

A. Lichtenstein disse...

terra da banana? uaheuheuhaueuhaehuae
muuuito bom! :)

Dragus disse...

Espero um dia conseguir realizar essa façanha.

Afinal de contas...

[continua...]

Favoretto, Thais. disse...

Por que eu tenho a impressão de que você está sempre bêbado?

Míope disse...

Hahahaha

Sempre o Dorflex.

Curioso...
O.O

Kel Sodre disse...

"O que ele está fazendo em Cuba?""O que ele está fazendo em Cuba?"

hahahahahahahahahahahahahahahahhahaha