quinta-feira, 26 de junho de 2008

Gentileza de ônibus.

(metalinguando: metade do texto foi escrita dentro do ônibus)

Eu tenho que pegar ônibus no mínimo uma, quase sempre duas, e vira-e-mexe três ou quatro vezes por dia. Sou um cara de sorte. Não que eu goste de derreter dentro daquelas malditas latas, tendo uma prévia do que vai ser o inferno. Eu adoraria, mesmo, andar por aí num carro luxuoso, motorzão forte, ar-condicionado, fodendo a próxima geração. Acontece que, pra quem gosta de escrever sobre o cotidiano - mesmo odiando a palavra cotidiano - o busão é um prato cheio.

Todo mundo que anda de ônnibus - e acho que vale pra metrô também - sabe o que acontece quando entra um velho - idoso, blablabá - num coletivo lotado. Não demora muito, normalmente, e alguém se levanta, gentilmente cedendo seu lugar. Alguns dos velhinhos aceitam logo, outros recusam educadamente o assento, sempre com um "pode ficar...". E é aí que começa a parte mais legal!: as justificativas que os passageiros têm para dar o lugar.

A mais clássica é, sem dúvida, a "eu vou descer daqui a pouco, mesmo", às vezes dita por pessoas que só deixam o ônibus meia hora depois. Tem também a insistência-sem-argumentação do "não... senta aqui"; a mentira deslavada dos que afirmam ficar "o dia inteiro sentado, cansa né!"; e a simpatia cheia de compaixão de alguns jovens, que brincam "eu tô bem novinha ainda, tenho é que ficar em pé mesmo", fechando com uma risadinha quase sempre meio graciosa e amarelada e que é seguida, várias vezes, de uma cantadinha sacana jogada pelo velho tarado.

Um dos sonhos da minha vida é ver alguém, num mau dia, responder com a tão temida sinceridade. Algo tipo: "Ah, mas vai sentar sim! Vai sentar, porque eu não levantei a toa! Porque você é um velho todo fodido que mal aguenta ficar em pé, que se o féladaputa do motorista fizer alguma cagada você vai cair nessa porra desse chão e se quebrar inteiro. E vai sentar porque esse bando de gente hipócrita desse ônibus fica todo indignado de te ver em pé aí, mas ninguém levanta a bunda pra você sentar. Então pára de fazer cu doce e senta logo, velho babão!"

Ia ser lindo.

Tyler Bazz

36 comentários:

Marcello disse...

Falou tudo =D

Juliane x) disse...

"Um dos sonhos da minha vida é ver alguém, num mau dia, responder com a tão temida sinceridade."

não perca seu tempo esperando,
seja vc mesmo sincero e ponto...

...ou vc faz parte dos q ficam indignados mas não fazem nada pra mudar a situação? hen? hen? hen? xD

Paulonando disse...

Vc pega ônibus em SJ Rio Preto ou em SPaulo? Porque em SP ainda tem o trânsito que para, não se sai do lugar! É melhor ir a pé!

Dragus disse...

O que mais me incomoda não é o velho pedir lugar.

Mas sim quando a lata velha está vazia, estou confortável no meu lugar (ou seja, espalhado nos dois bancos) e vem uma pessoa qualquer pedir pra ficar do meu lado.

Um dia me pegarão de mau humor e direi "Curte sentar no quente? Tenho pau de ouro que se atraiu tanto pra se sentar justamente aqui, tendo outros para enfiar o rabo?".

Até hoje deram sorte...

Míope disse...

Falou tudo: Ia ser lindo!

*.*

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Muito bom!
Abç!

Míope disse...

Eu ainda vou ver uma cena dessas...

Anônimo disse...

lindo é pouco né???

hahahaha

tais carla

Gilgomex™ disse...

Mais um texto cheio de delicadeza, e extremo amor pelo alheio. Noto aqui uma certa necessidade de dar lugar para idosos... Mas também existem as grávidas, e as mulheres com crinaças no colo.
Me lembro de algo interessantíssimo sobre mulheres com criança de colo... Uma mulher entrou no ônibus, viu que estava tremendamente lotado e fez questão de pegar no colo o seu filhinho, um pequeno bebê de uns quase 7 anos, e colocar no colo, para que ficassem com pena dela e dessem lugar para que ela sentasse. Um rapaz foi vitimado por aquele olhar de pessoa que realmente precisa se sentar, e ele disse pra ela:
-Quando o irmão mais novo desse aí for nascer, a senhora poderá se sentar onde quiser por aqui, trabalhei o dia inteiro, estou cansado.

Ou seja, às vezes acontece.

PS: falando n sua delicadeza, achei tb de muito bom tom comentário sobre foder toda a próxima geração.

Stephanie disse...

sabe que tem dia que eu vejo as velhas chaqualhando, quase caindo no metrô e também espero profundamente por um momento desses...

mas confesso que não tenho coragem de provocá-los.

Marcio Sarge disse...

Coitados!!! Deve ser foda vacilar nas próprias pernas e ver em cada curva um atalho pra morte. Coitados mesmo.

Mas ai ônibus é mesmo um crônica ambulante, também é um cortiço móvel.

Laís Elaine Pereira disse...

USHDAIUDSHAUDSHSA
Acho que esse é meu sonho tbm !
muito bom teuu blog ! (:
Beeeeeeijo :*

Laís Elaine Pereira disse...

PRA DIZER QUE ME AMA MAIS QUE TUDO !
UDSHUDSHAUDHAS
Que me ama ele fala toda hora ! É que estamos numa fase fóda, indo morar junto e tals... Por isso me sujeito a namorar com ele ! ydasguydsgauydgsa

beeeijo :*

disse...

Acho que não seria lindo, mas meio grotesco... rs
Eu me levanto e ofereço, se não quiser sentar, azar... continuo meu trajeto descansando.
Vc tem razão qdo diz que andar de bus e premonição para o inferno, disso não tenho duvida!!!!

Abço

Raphael Pacheco ... disse...

Seria, com certeza, muito engraçado alguém falando isso, mas é meio que utópico e não respeitoso. Afinal, ninguém tem culpa, memso que velho, da pessoa estar em um mal dia...

Abraço

Raphael Pacheco ... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nattotoza disse...

você bem k podia dar esse tão kerido exemplo!

hahahahaha....

Nattotoza disse...

eskeci de escrever k o teu blog é super!

Andreia Lichtenstein disse...

Hahaha, tu é muito engraçado. x)
Eu também sempre fico observando as pessoas na lotação, mas nunca tive um pensamento do tipo.
Adorei o blog. :)

Andreia Lichtenstein disse...

Hahaha, tu é muito engraçado. x)
Eu também sempre fico observando as pessoas na lotação, mas nunca tive um pensamento do tipo.
Adorei o blog. :)

Anônimo disse...

"Mamãe, eu sou revoltado"

thiago disse...

Eu mesmo só levanto se estiver em banco reservado. Caso contrário fico lá sossegado curtindo. HAHAHAHA

MaxReinert disse...

hauhauhauahuahaua.... aqui em Floripa os velhos tem que sentar mesmo.. os motoristas sofrem da síndrome de Ayrton Senna!!!

luiza disse...

hahaha! eu concordo, andar de ônibus é mto bom pra ter historias pra contar...eu ando praticamente todo dia e ah, vou confessar que adoro! é um otimo tempo pra pensar na vida..hahaha! e ah, tem tbm as pessoas que nem se tocam que algum idoso entrou e nem se mexem do lugar! :P
oh, mudei o endereço do blog! coluna da lu é passado agora hehehe! xP
bjo!

FERNANDO disse...

Tyler, que tal assim: fazemos desse jeitinho e depois contamos como foi a reação. Aposto que a mulher mais próxima falaria:

Seu grosso!

Lana Haydée disse...

é.. sinceridade às vezes é uma arma apontada pra própria testa... infelizmente, temos que tomar cuidado com ela.

_________

http://segredosdehaydee.blogspot.com/

Gi KrDoSo disse...

Ia ser muito legoool mesmo!!suahsuhausauhsuahsauhas
pior ainda é aquele que chega levando todo mundo junto com a mochila

s2* Danny s2* disse...

Cara vc eh meu conterraneo eu tbm sou dai mais num mais ai...manero tua pagina ...


by:


http://dannyfps.blogspot.com/

An@Lu disse...

hahahahaha
adorei!!! ia ser mesmo muito engraçado.
eu faço o tipo "ah, ficar sentada o dia inteiro cansa!".
transportes públicos são uma verdadeira experiência antropológica.

Kamilla Barcelos disse...

Concordo com vc, mesmo q andar de ônibus é horrível, principalmente quando se está lotado, se aprende mta coisa, se vê e ouve de tudo.
As desculpas são ótimas, eu já dei um monte delas... O dia q estou estressada eu nem levanto! hahauah Vc escreve mtooooo bem!!!

Larissa Bohnenberger disse...

Ahahahahahahah!
Com certeza seria... mas assim como tem os velhinhos 'cu doce', tem também aqueles tão desesperados por sentar, que acreditam ter adquirido a capacidade de passar através das pessoas. Nestes casos, não espero que alguma outra pessoa de mau-humor dê uma resposta sem educação... faço isso por conta própria... hehehehehe!
Bjs!

Perci Carvalho disse...

meu sonho nao eh ver alguem falando isso...eh ter coraaaagem de falar isso ou algo que o valha.



e me fez lembrar da minha tia...nao muito nova - afinal , cedem o lugar pra ela - certo dia um jovem mancebo (ai q brega issu) ao notar que ela passava na roleta, fingiu dormir. ela percebeu. e só de vingancinha, sentou no colo dele (anh!??!) poisé... sentou no colo do garoto,que "acordou" assustado, derramando essas desculpas que vc citou, na tentativa de se desvencilhar da velha louca no colo dele. enfim, não sei se o cara ta traumatizado ateh hj ou se agora nao senta no onibus nem se tiver tudo vaziiio... mas eu juro q queria ter assistido a cena.


abraço.





ps: qual o problema com a palavra COTIDIANO?

rick galdino disse...

Aqui na minha cidade, o embarque eh feito pela porta dianteira. como aqui é bilhetagem eletrônica, os "senhores velhinhos" não podem descer pela frente.

então, eles sempre vão para os fundos do ônibus... nesse trajeto metade das pessoas se levantam pra o velhinho sentar... mas ele não senta!

Qdo chega nos fundos, ninguem dá lugar a ele.. afinal ele recusou uma dúzia de acentos....

Aí ele começa a reclamar que ninguem dá lugar a ele...

Pode?

Favoretto, Thais. disse...

Já aconteceu algo parecido comigo (como se você estivesse muito interessado em saber, claro).
Me achei um montro, mas faria tudo novamente.
Você é mau, hein!

Rick Galdino disse...

Eu só saio quando estou nos assentos reservados. Caso contrário, não.

Eles tem 5% dos assentos e querem tomar o meu?

No máximo que faço é levantar sem falar nada. Senta se quiser.

Bruna disse...

Sensacional o texto.

Bruna disse...

Hahaha... Cara, me identifiquei MUITO! Já me irritei várias vezes por ser educada e dar lugares a idosos sem a MÍNIMA educaçõa... Várias patadas!

E outra coisa, muitos ficam passeando o dia todo, indo pro forró e visitar os amigos e a gente que tava trabalhando/estudando tem que ficar de pé!

Ninguém merece =//

Parabéns pelo blog!