segunda-feira, 7 de abril de 2008

poeminho bonito.

(bem me quer! bem me quer!)
bem me quer. mal me quer.
bem me quer, mal me quer...
bem me quer, mal me quer bem me quer
mal - me - quer .
mas bem te quero.


Tyler Bazz

24 comentários:

felipe disse...

que legal!d+

Volúptas disse...

rsrsrs Bem quero esse blog..rs

bjs

by voluptas

Melissa Campello disse...

achei foda. e isso porque não gosto de poeminhas, ficadica.

Melissa Campello disse...

ps: foda no bom sentido, só pra esclarecer.

Marcello disse...

Bem me quero :D

Marina! disse...

eu amei o finalzinho! :)

Banana disse...

ahhhh.... mas tá uma bicha você hein !!!

D'angelo disse...

Tadinha da margarida!!!
:)

SAMANTHA ABREU disse...

doçura! doçura!
;D

Um beijo!

Unlucky disse...

Bem-me-quer.
Mal-me-quer.
Bem-me-quer.
Mal-me-quer.
Bem-me-quer.
MAL-ME-QUER..

comigo essa brincadeira nunca d� certo!!!
��

criativo o poema! rs.. e muito bo a s�rie da Marcela. Pergunta: Ela � mesmo real ou � s� 'personagem'?

=)

Muito legal o blog e s� pra saber, caiu nos favoritos ok?
Ab�s

taiscarla disse...

q fofo ^^

esqueesunchicomuypoeticomuytalentosoyelamoresunamaravillajajajaja

Dedinhos Nervosos disse...

"mas bem te quero"
As pétalas acabaram e vc chegou até a parte do miolo, né?
;o)

Petter disse...

Eu fazia poeminhas quanto tinha minha banda idiota, mais agora já era.
tava dando uma bizoiada e curti seu blog cara, posso linkar?
Ab'çs

Bruno disse...

Deus tinha que ter feito todas as flores para darem bem-me-quer no final, sempre. Metade dos problemas da humanidade estariam resolvidos.

Cissa disse...

fofo demais!!!

Bruno disse...

Deixei um minimeme pra você no Acepipes, caso lhe apeteça.

Míope disse...

Hehehe

Sempre cai no Mal-me-quer.

Legal veio!
Abraço.

Eilahhh disse...

é um poemiho bonito, legal e ressonante!!!

=***

Gabrielle disse...

bem te quero também!


(nossa, tempos não passava por aqui, e lendo as últimas postagens me deu uma saudade! Beijo grande!)

Gabrielle disse...

Ahh, e eu sempre fui crente que essa historinha de bem-me-quer funcionava. O jardim da minha vó era um caos até eu crescer e deixar essa crença de lado.

Ela agradeceu.

An@Lu disse...

que fofo!!! adorei!

Fernando disse...

A torcida pra que desse bem-me-quer foi excelente! Hehehehe. Sem falar da feição triste (se foi isso que quis passar) com as últimas duas linhas emendadas e pausadas.

- Porra, Fernando, não viaja, são só uns versos de mal-me-quer, bem-me-quer!
- Sim, mas tem todo um fundo lúdico que...
- Tá bem, Fernando, tá bem...

Eduardo Magalhães disse...

Ai que verdade amarga esse desse "poeminho".
Às vezes eu acho que quando esnobam a gente é que a gente as quer bem né? Fazer o que? Um dia isso muda...Espero!
abraço!

Neto Morais disse...

Bem me quero. Bem quero a quem me quer.
rsrsrs