terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Hora errada, lugar errado.

"Por essa janela... vejo o cume das montanhas mais altas. Salpicadas de neve, tornando-se cada vez mais verdes e marrons conforme diminui a altitude. A neblina me atrapalha um pouco a visão, mas ainda assim percebo, no alto de um morro, uma cabana de madeira, iluminada por um lampião, onde provavelmente um caçador se aquece e descansa de um dia de caça. O cachorro guarda a casa por fora, mas logo começará a arranhar a porta para que seu dono deixe-o entrar. O silêncio impera, embora vez ou outra seja possível ouvir alguma ave noturna, ou outro animal, caçando ou sendo caçado. Sinto cheiro de mato, de terra, de barro, respiro fundo e procuro me entorpercer -"

"Ô, poeta! 'Cê tá na cadeia. O cheiro é de merda. Daí da gradinha só dá pra ver o muro. Então cala essa boca que eu quero dormir!"


Tyler Bazz

*****

Recebi algumas outras indicações. Agradeço muito por todas elas. De verdade, ser reconhecido por essas pessoas é ótimo! Logo atualizo ali do lado os prêmios e tudo mais. :)

27 comentários:

Jul!o disse...

Que poeta...Parece um conto que li a muito tempo, mas era um dramalhão chato à la Ana Maria Braga

Jul!o disse...

PS: Prefiro essa versão comédia, hushaushuas

ED CAVALCANTE disse...

O FINAL FOI HORRÍVEL, NÃO GOSTEI!

Leandro Reinaux disse...

tbm prefiro a versão comédia :D

Gabriel Leite disse...

hahahaha... hilário!

Eu até que estava gostando da poesia.

Abraço

Thiago! disse...

ai...como alterar o numero de comentários...
gostei disso!

Gilgomex™ disse...

hheuehuehuehuehue... gostei do texto, mas especialmente (que mente doentia a sua), gostei da idéia do 000 antes da palavra comentários. Até achei que você tinha se tornado um BBB. rs.

Acho que isso será tema de uma próxima clonagem na Coluna... rs

SAMANTHA ABREU disse...

bom demais!
Saudade daqui...

beijos, Tyler!

Fernando disse...

Caralho, a idéia dos zeros foi realmente muito boa! Hehehehe.

E quando comecei a ler, pensei, "Que porra é essa que o Tyler tá escrevendo?". Não que você não saiba fazer poesia, mas como me acostumei com os contos, definitivamente, pensei que estava postando o texto de alguém pra comentar a respeito. Mas então me surpreendi. Como sempre!

Abraços!

Fernando disse...

A propósito: qual é a versão comédia?

Ulisses disse...

não importa onde esteja, o cara tem que manter a mesma mente, mesmo que for na cadeia

Liliane Sastre Nunes disse...

Maravilhoso texto.
Parabéns.

HenriqueM disse...

Haha, eu ri com o final do texto.
Todo poético e tal, daí vem um corte do nada.
:)


Achei bacana o lance dos zeros "000" nos comentários.
:)

Dheivid Campos disse...

belo post cara.
gostei do seu blog.
abraços

Diukk disse...

Texto muito bom... parabens... heheh teh mais!!!

Tyaguim disse...

Curti demais...
"...você tá na cadeia.."
Estou rindo...

Verônica Martinelli disse...

Ah, "dexa" ele poitizar!!!

Tava bonito^^

beijos:P

Johnny M. disse...

O povo chato esses intelectuais, hein? Dá uma lição nele no pátio, longe dos meganhas.

Por Ricardo Cazarino disse...

Opa...muito bacana, final inesperado mas ótimo rss

Frank Morgan disse...

comecei a ler...e to achando demais...
bom blog...e continuarei lendo aqui..
passa-la
http://polvoloko.blogspot.com/

Bruna Battirola disse...

fiquei até imaginando...
escreves muito bem

Cacau disse...

Estou lendo ainda os outros textos. Mas gostei deste.. um final diferente.

abraço

Cacau disse...

Estou lendo ainda os outros textos. Mas gostei deste.. um final diferente.

abraço

Se Liga Jovem disse...

realmente fica ao gosto do fregues! vai com papel ou sem? ahuahuhu

Falows ;)

Se Liga Jovem disse...

realmente fica ao gosto do fregues! vai com papel ou sem? ahuahuhu

Falows ;)

*•Rαfαεℓℓyиhα•* disse...

OIii! axei seu blog por acaso e o axei mtoo lindo e interessante


se der tempo passa lh no meu?? eh rafaellynhaa.blogspot.com

Bjoo =**

TeLmA disse...

Vc merece muitas indicações, seu blog é bárbaro...