quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Marcela - Poker

Rolou uma festa da galera da escola. Festa típica: os pais viajando, o globo no meio da sala, o melhor do disco music tocando, o ponche - devidamente batizado - servido, tudo normal. Se fosse uma festa norte-americana nos anos 70.

A coisa real era: pais viajando, festa na casa toda, cerveja, vinho e vodka dos mais baratos, o melhor do funk pancadão e do axé tocando no volume mais alto - para alegria de uns e desgraça de outros.

Eu e a Marcela ficamos quase a festa toda sentados no sofá de dois lugares, na sala. Ela fumava e eu bebia. O tempo todo ela tomava qualquer coisa que tivesse no meu copo; eu nunca tocava o cigarro dela.

Em certo momento apareceu o Júnior, falando em jogar poker, a Suelen ia jogar também. A Marcela me olhou, olhou para eles, levantou em foi na direção da mesa. "Só jogo se for strip poker."

Eu virei o meio copo de vinho e fui. O Júnior, que era o que podemos chamar de "o-cara-que-nunca-vê-uns-peitos-,-nunca-mesmo!" abriu o maior sorriso do mundo, gritou, deu dois duplos twists carpados, e foi. A Suelen surpreendeu todo mundo quando mostrou ter adorado a idéia, e foi. A Marcela já estava lá, embaralhando.

O jogo correu numa quase normalidade. E quando acabou, a cena era a seguinte: o Júnior só de cueca, tentando esconder a ereção, e usando o que lhe restava de força para tentar pegar a Suelen; a Suelen só de calcinha - descobrimos que o que ela não tinha de beleza no rosto, tinha nos peitos - agarrada numa latinha de cerveja, esperando o resto da mesa se distrair um pouco para levar o Júnior para o quarto; eu, só de calça e cueca, mais bêbado que qualquer um, olhando a Marcela, muito intrigado; e a Marcela, que só tirou o cinto, rindo de tudo.

Foi bem legal o jogo, ver os peitos da Suelen, fazer o Júnior pegar alguém. Foi legal. Mas a Marcela não ter contado para ninguém que ela jogava poker desde os sete anos de idade... isso foi uma puuuta mancada!



Tyler Bazz

23 comentários:

taiscarla disse...

hahahahahaha

sou fã da Marcela!!!

apesar de não confiar mto nela
hahahaha

mto bom...

bjins

...

Marina disse...

a marcela é muito foda, muito foda mesmo.

Leticia disse...

Se eu fosse mulher, viraria homo pra pegar a Marcela!

Dragus disse...

Quem acabou ganhando mesmo foi o Júnior, que acabou vendo e provavelmente sorvendo do que nunca via. =p

disse...

hahahaha!! marcela sapequinha..! (nossa, sapequinha..que palavra antiga! :0 haha )
feliz ano novo!
bjo!

Net Esportes disse...

Ah, essa Marcela é muito esperta !!!

Marcello disse...

A Marcela é aquela pessoa que eu chamaria de... sem-vergonha (ah vá????)


E eu queria ver os peitos da Suelen :D

Jayme disse...

"o--cara-que-nunca-vê-uns-peitos-,-nunca-mesmo" foi ótimo! ahahhehhe


Demorei pra passar aqui, rapaz... mas agora que o fiz, to vendo q vou ter de ler um bocado do que foi postado aqui....

abraço

Bárbara Chantal disse...

Adorei o termo "o-cara-que-nunca-vê-uns-peitos-,-nunca-mesmo!"
todo mundo tem um amigo assim!!
Jogo poker desssssss o mês passado, ja me viciei, mas o strip poker, difícil, viu?!
nem com pouco sangue no meu álcool! =P

Marcelo disse...

a marcela eh idola

Victor the Stranger disse...

Será que ela aprendeu pole dance com uns 9 anos também?

Cara estranho disse...

Nossa!
Animadinha esta festa heim?
Strip poker é massa [mesmo eu não sabendo jogar muito bem].
Fiquei curioso agora, também quero ver os peitos da Suelen.
HeHe
Muito bom o blog. Parabéns.
Abraços

http://euheim-manias.blogspot.com

Antonoly disse...

Essa Marcela é bem esperta hahahhaha... ficou todo mundo na vontade e ela se deu bem.

www.ooohay.wordpress.com

Maiara disse...

Ei, tu gostas de Oswald, n'é? Li teu texto, é realmente bom. Mas aí surgiu a pergunta, o Oswald e a coisa e tal. A coisa em si é toda dotada de uma timidez ontológica? Sabe-se lá, pergunta pr'o Bandeira.

Ah, eu comentei no teu blogue teste! Copiaste?!

Gabrielle disse...

hsuaidhasiuhdiuahda
Nossa, a Marcela é das minhas! E eu queria ver o "-cara-que-nunca-vê-uns-peitos-,-nunca-mesmo!" dando uns twists carpados. Deve ter sido hilário!

Beijo!

Gabrielle disse...

bá, agora reparei na descrição do teu blog, bem no estilo "voz que anuncia os filmes da sessão da tarde", huahuahuhauha.

Phernando Faglianostra disse...

Fotos nem pensar, né?

Stephanie disse...

hahahahah,

essa mulher é esperta - porque pra entrar no strip poker só blefando muito bem, ou sabendo de ante-mão que todo mundo vai ficar nu até o fim do jogo!

boa sorte na próxima partida!

beijo

Daniel Leite disse...

Gostaria de conhecer a Marcela...

halee disse...

eaí cara,blz?
mto engraçada essa parte aqui:
"O Júnior, que era o que podemos chamar de "o-cara-que-nunca-vê-uns-peitos-,-nunca-mesmo!" abriu o maior sorriso do mundo, gritou, deu dois duplos twists carpados, e foi."
abraços!
http://daltonicos.blogspot.com

Fernando disse...

Tyler, vou lincar teu blog na Coluna, ok? Gosto do jeito que você escreve.

Às vezes achava a escrita parecida com a minha, daí descobri o porquê, quando abri seu pefil do blogger e li que você gosta do LFV, assim como eu. Isto merece até um pequeno link para sua inveja. :)

http://www.orkut.com/AlbumZoom.aspx?uid=17315561343349415327&pid=25&aid=1

Quanto ao texto, o adjetivo que aaranjou pro seu amigo foi muito bom! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

E ainda bem que a história terminou por ali, afinal, o Júnior só estava de cueca, e mau jogador que é, daria asco ler o resto. Hehehe.

Cara, se souber de outros blogs assim como o teu, por favor, me avise.

Abraços!

Bruno disse...

Avisa a Marcela que eu comprei um baralho novo, faz favor.

Eu, disse...

Grande Marcela!!!
Mas vc nao joga mal, tava de calça ainda...