quinta-feira, 6 de setembro de 2007

7 de setembro e a porra toda.

É. O 7 de setembro está aí e a "tal independência" do Brasil é o assunto preferido (ou não) de uma porrada de gente. Vamos ter os bons e velhos revoltadinhos, reclamando da eterna dependência do nosso país, dizendo que os EUA são uma nação capitalista e que exploram o Terceiro Mundo; afinal, a culpa por estarmos na merda só pode ser do Bush. O fato é que está todo mundo errado. O Brasil é independente? Não. Mas quem o é???

Não existe hoje no mundo país independente. Nem Cuba, com seu ditador moribundo; nem a China, com seus bilhões de chineses, torcendo para que a América nunca se canse de mandar suas empresas para lá; nem os Estados Unidos, que só podem ter a vida que têm porque a Ásia inteira produz as coisas que eles consomem; nem a União Européia, que gosta de uma importaçãozinha tanto quanto o brasileiro gosta do futebolzinho. Todo mundo é independente; e todo mundo é dependente. Não, ninguém vai viver pelas próprias pernas na Nova Ordem Mundial. Ai ai, século xxi.

Mas agora surgiu o problema, em quem vamos colocar a culpa? Seria da União Soviética, que deixou de existir e permitiu que nascesse a tal Nova Ordem? Ok, eu conto. A culpa é nossa, "povo" brasileiro, toda nossa. A culpa é nossa porque permitimos que se instale em nosso país a zona que vemos todos os dias. A culpa é nossa, que em 2006, já com vinte anos de democracia, elegemos acms, malufs, mensaleiros e toda a corja de malfeitores.

A culpa é do tamanho da corrupção brasileira, da burocracia existente quando algo bom vai ser feito. Se o dinheiro público fosse totalmente usado para o que deve ser, estaríamos muito, mas muito mais avançados em todos os pontos. Viveríamos melhor, comeríamos melhor, pensaríamos melhor. A culpa é nossa, que não nos envolvemos com política; que deixamos o congresso fazer o que quer, com voto secreto e tudo mais; que não vamos às ruas pedir a cabeça de quem já foi condenado e ainda circula com pompa pelos corredores de Brasília. A culpa é nossa que deixamos existir a capital do país lá em Brasília, longe de tudo e todos.

A produção brasileira de cargos públicos de confiança com salários altíssimos é maior que a produção brasileira de Etanol. A incompetência brasileira para administração do dinheiro do contribuinte (que é contribuinte mesmo, porque só contribui sem receber nada em troca) é assustadora. O sistema de Justiça do Brasil nos convence a cada dia que deveria se chamar sistema de Impunidade.

E então, em plena "semana da Pátria", eu vejo por aí todo um burburinho querendo uma reestatização da Vale do Rio Doce. Sério mesmo??? Eles dizem que o lucro da Vale, que deveria ser do Brasil, vai para o bolso de outros. Eu digo que a Vale na mão "dos outros" dá lucro; e que de volta às mãos do poder público seria mais uma festinha de cargos, uma baladinha de corrupção, um festival de incompetência. A Vale, na mão dos outros, paga impostos pelo menos, e acho que é o máximo que podemos "tirar" dela.

Quando os caras lá de Brasília forem competentes, honestos, éticos, e tuuudo aquilo que queremos do político perfeito (sim! quando forem perfeitos!), defendo a estatização de tudo o que for melhor para o país, até das minhas traduções, se necessário. Enquanto isso não acontece, é melhor deixar para quem sabe.


Tyler Bazz.
(Flaming Sideburns)

9 comentários:

Marina disse...

a culpa é dos comunistas, sempre é. (e eu sou de esquerda).

tá, eu não tenho o que comentar. o brasil tá na merda, sempre teve e a independência do brasil é a maior piada do mundo. assumir as dívidas de portugal com a inglaterra pra ter a sua independência 'bem vista' no resto do mundo? meu pau.

desabafei.
HUAHUAAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHU

Sávia. disse...

NUss... muito bom seu texto. Bom não, ótimo!
O Brasil eh uma merda msm, soh serve pra ser o calço da américa do Norte(?)

Marcello disse...

Viva a Nova Orgia Mundial! huaHAHUhAUhAHauHa

\o/

Blog Desnecessário disse...

A culpa é da nanobiotecnologia inserida no contexto da globalização a partir do superaquecimento global!

Victor the Stranger disse...

ehuahuehuaeh o comentário do xapa é o melhor

Eu acho que a privatização da Vale foi um processo totalmente fraudulento. Então, se é para ser vendida, que seja vendida pelo preço que vale (sem trocadilho). E não pela mão amiga do FHC. Por isso votei "não" no prebiscito.

E quanto a festa de cargos, bem. Será que é open bar?

taiscarla disse...

Várias facetas, hein?!?1
Tyler Tigrão
Tyler Ronaldo Esper
e agr Tyler Politizado

hummmmmmm mmmmmmm mmmmmmmmm interessante ... ou não, né?!?!?

bjins

...

Mila disse...

concordo com boa parte do que vc disse. só acho q apesar de todos serem dependentes e independentes uns são mais que os outros...

vc deveria postar com mais frequencia

bjs

Charles £dward disse...

Bom texto cara. É foda ainda ver o povão chorando pela Vale do Rio Doce!

Lanark disse...

Isso tudo, somado ao culto ridículo da Pátria Amada me lembra de uma frase do Caetano Veloso.

"E eu não tenho Pátria. Tenho Mátria. Eu quero Frátria."