quarta-feira, 11 de abril de 2007

Olá!, Família.

Juro que foi sem querer aquela história de entrar pela janela usando uniforme de guerra da Roma Antiga e gritando “Liberdaaaaade!” A intenção real era entrar calmamente pela porta, decentemente vestido, e ter uma conversa civilizada sobre arte, trabalho, futebol, e até sore minhas intenções com a filha deles.

Mas eu tinha que ter essa mania de grandeza! Esse gosto por entradas triunfais e inesperadas! Essa falta de auto-controle! Essa síndrome de Pavão!!!

Acho que não foram muito com a minha cara.

Tyler Bazz
(ouvindo Turbonegro)

11 comentários:

Marina (R) disse...

poxa, não comentei no post anterior :/

Marcelo disse...

típico problema de que curte o axl rose...! tsc tsc tsc
hahahhahahhaa

Marcello disse...

Total "300" sua entrada triunfal haUhauhau

João Glambriel!!! disse...

Ui....gzentchy........eu simplesmente
A-DO-ROOOO!!!!!
Pompa, circuntância e triunfalidade.....eu apóio completamente..........;)

E um viva aos megalomaníacos!!!!!
VIVA!!!

Marininha Cury Reis disse...

Oia soh, to conseguindo comentar, hahaha, isso eh incrivel!!!
Ty, antes de tudo, parabens, mto bom o seu blog...adooooooro!
gostei mto do ultimo texto, teu amigo tem razão, mto 300 sua entrada, hahaha
bjusss

ana.liberty disse...

Noss uahauhauhua q loucura! Eu tb tenho sindrome de pavão as vezes... auhauhauahau Mas nunca entrei por uma janela ao conhecer os 'sogros' auahuahua

Bom texto =***

Ju disse...

nossa achei brilhante esse termo: sindrome d pavao!! eh d sua autoria?! ¬¬
hunf!!

Tyler disse...

Não! O Síndrome de Pavão foi criado por uma pessoa formidável! Especial! Excepcional! Espetacular!!!

Adooooro ela!

Cláudia Tostes disse...

Valeu pelo post!!!
Ah, sou tatuadora sim! um dia nós tatuados vamos conquistar o mundo, hahahahahahaha!!!... e vc será bem vindo ao nosso Vale!

Curti demais o texto anterior, da gramática!!!
abraço!

Thor Croix disse...

não entendi nada...

Vi disse...

Seriam cartagineses?